Análise – Fifa 18 para Nintendo Switch

O game já consegue agradar em sua primeira versão no Switch.

10

Quando a EA anunciou que FIFA 18 estaria chegando ao console da Nintendo, possivelmente tivemos diversos sentimentos. Nossa redação já presumia que novos donos de Switch estariam mega empolgados ao receber uma das maiores franquias no console. Entretanto, é de se esperar que antigos donos de Wii e Wii U não estivessem tão esperançosos, já que por um longo histórico de problemas, receberam versões extremamente inferiores comparadas aos lançamentos em outras plataformas da época.

Agora, depois de quase 5 anos, temos o primeiro jogo de futebol para o Switch, Fifa 18. Será que dessa vez a EA acertou o chute? Vamos descobrir juntos.

É Fifa 18 ou Fifa Switch?

O game foi lançado para diversas plataformas, entretanto, existem diferenças que vamos explorar e deixar o mais claro possível neste review. Fifa 18 no Nintendo não trabalha com o motor mais recente da EA Sports, o Frostbite, mas sim com uma versão totalmente adaptada, que inclusive, foi citada na conferência de divulgação da E3 como um “motor para explorar o Switch”.

Na prática? Sejamos sinceros, temos aqui uma base de origem nos motores do PS3 e Xbox 360, associados com possíveis aprimoramentos de outro motor, o IGNITE, ativo entre 2013 a 2015 na plataforma Fifa, já presentes exclusivamente no PS4 e Xbox One.

Podemos confirmar que o motor é realmente modificado. Uma “mescla” entre antigas e novas tecnologias. O sistema de iluminação em cenários não é das melhores, mas temos aprimoramento deste fator nos jogadores, além de uma jogabilidade super bem aprimorada, sem dúvida alguma. Diante disso, se torna mais claro o fato da EA “bater o pé” afirmando que a versão Switch não é uma versão antiga, mas sim adaptada.

Abaixo você pode conferir algumas comparações diretas com a versão do PS4.

Porém, ao mesmo tempo que recebemos alguns aprimoramentos, temos adaptações e cortes, como por exemplo, as famosas transições.

Elas até existem, mas são por muitas vezes curtas e rápidas, e relativamente repetitivas. Principalmente na introdução e final de cada jogo, o que pode gerar um pequeno desconforto no início, tornando-a insignificante ao longo do tempo, já que este tipo de game acabamos por passar todas as cutscenes de forma mais frequente durante o gameplay. O sistema de replays também funciona bem como nenhum delay ou queda de frames é percebido.

Narração completa e dublada: Algo extremamente importante de citar é que temos o jogo totalmente em portugues, bem como a narração de Tiago Leifert. Pra nós foi uma grande e feliz surpresa, pois com a Nintendo fora do Brasil era de se imaginar que essa feature poderia ter sido removida, mas não, ela está lá e inteirinha pra você.

Detalhes sobre o desempenho gráfico.

FIFA 18 no Nintendo Switch é executado em 1080p a 60FPS no modo TV, enquanto a sua resolução no modo portátil é reduzida para 720p. Vale destacar que não tivemos problema com desempenho e quedas de frames no portátil, já no modo TV, obtemos uma única e pequena desagradável surpresa quando selecionamos o modo NEVE: o game começou a ter taxa de quadros oscilantes! (?) O que é estranho, pois com chuva e outras mudanças climáticas, não ocorreu. Vale citar que é um item totalmente ajustável com uma pequena atualização.

Modo portátil – Realmente encantador.

Temos quase certeza que, adquirir o Fifa 18 no Switch fará com que você queira jogar ele muitas vezes neste modo. Pois, particularmente, o game em portátil é absurdamente bonito! Diversas vezes nos questionamos “como isso roda e ainda de forma totalmente lisa”?. No geral, o game consegue entregar um game muito mais bonito e digno do que 5 anos atrás com ports inacabados, e que faziam muitos donos de Nintendo terem vergonha dos jogos lançados.

Sem Frostbite, mas com Ultimate Team Portátil

Isso nos entrega prós e contras. Os prós é que acabamos por ter um jogo que roda suave tanto no modo portátil, quanto no modo TV. Porém elimina a possibilidade de termos o modo Journey, disponível apenas no motor gráfico Frostbite. Mas não se deixe enganar. Temos aqui o Ultimate Team, um dos modos mais conhecidos e querido dos jogadores, que possibilita construir uma equipe da maneira que quisermos, com nossos jogadores favoritos. Vale destacar que o modo Ultimate Team do Switch também é diferente das versões de PS4, Xbox One e PC, não possibilitando utilizar o app para controlar sua equipe de forma distante. Mas convenhamos: Qual motivo dessa feature tendo o Switch com seu modelo portátil? Tudo bem, vai.

Ainda sobre esses pontos temos um grau de amplitude menor em algumas funcionalidades: Não temos o “Squad Challenges”, os desafios diários e o modo “Champions”. Logo, fica evidente que se trata-se de um modelo mais limitado na comparação com as outras edições, ainda assim, suficiente para causar uma impressão positiva junto de um possível novo público que queira algo casual ou apenas um modo online mais objetivo.

Jogabilidade – Você realmente vai gostar

É incrível como se tratando de jogabilidade o game apresenta algo surpreendentemente interessante para o jogador. Quando citamos o fator da Ignite, não foi por acaso. O controle de bola e o sistema de passes está mais desafiador, temos uma cadência de jogo diferente e passes longos mais difíceis de serem realizados que até mesmo a versão do Fifa 18 de PS4.

Multiplayer local: Sobre a possibilidade de dividir os joy-cons, ela existe aqui mas em um jogo como Fifa é complicado aceitar essa opção. Você sempre estará com a sensação de um jogo simplificado, justificada pela ausência de dois botões em cima e de um dos analógicos, não podendo explorar todas as suas do gameplay. Logo, a melhor opção ainda é cada um jogador ter um par de joy-cons ou possuir os controles Pro.

Se tratando de modo portátil associado a sua jogabilidade, o game se comporta bem nos joy-cons, mas alguns usuários mais veteranos no futebol, ou que até mesmo estão chegando de outra plataforma, podem estranhar no começo os pequenos controles, tendo que realmente optar por um Pro Controller. Curioso foi que encontramos um conforto legal para esse jogo, quando usado de forma separada, ou seja quando o controle não está conectado no grip. Vale o teste.

Dica MundoNintendo – Ajustar cadência de jogo: O jogo é relativamente mais rápido que em outras plataformas, o que não é ruim, mas certos jogadores, podem estranhar. Caso seja necessário, saiba que existe essa opção, basta reduzir a velocidade e o pique do jogador. Para isso, basta ir em opções de Jogo e na última opção, alterar a velocidade do pique de 50 para 45 e aceleração também de 50 para 45.

Sistema online

O game consegue entregar uma proposta online relativamente adequada, porém nem tudo são flores e no quesito online, sentimos que a EA e Nintendo não se conversam. Isso já fica claro no sistema login da EA: definitivamente não é bom. Para conseguir essa façanha na primeira vez, passar por uma página web, para só então realizar a conexão online é bem estranho. Em nossa opinião, um sistema um pouco mais integrado ajudaria esse processo. Como essa etapa/experiência ruim acontece uma única vez, conseguimos perdoar.

Sem multiplayer online com amigos: Um dos modos mais queridos da galera, ficou do fora no Switch, e certamente este modo é inadmissível ficar ausente. Logo, neste quesito, o Fifa pode perder o encanto para muitos, pesando negativamente em sua nota da análise.

Procurando jogadores: Aqui não tem perdão, a dificuldade para encontrar jogadores online foi alta. Já de início, tivemos instabilidades de conexão para dar início a uma partida com os primeiros jogadores. MAS, depois que tivemos a primeira partida sentimos que as outras tentativas conexões com os outros jogadores foram relativamente rápidas. Isso é bem característico de servidores ainda mal configurados e que precisam ser balanceados. Logo, acreditamos que isso possa vir a ser corrigido ao longo do tempo.

Experiência do Gameplay Online: Tivemos poucas experiências negativas aqui, mas existiram. Não por conta de hardware mas sim por conexão, o que tornou o gameplay incômodo. Durante o restante da partidas o jogo fluiu tranquilamente.De uma forma geral a proposta online funciona, com alguns engasgos ali e aqui, mas pensando na liberdade que o Switch pode oferecer, se tratando do seu quesito portabilidade, ele ainda é uma opção totalmente válida. Obs: Vale destacar que, nos momentos com travamento, possamos ter jogado com alguém mais distante e o ping ter aumentado. Sinais claros que os servidores ainda precisam de mais otimizações.

 

Final: Apesar da ausência de certos modos de jogo e um sistema online que precisa de atualização, Fifa 18 consegue atender a expectativa e grande desejo dos jogadores por um jogo de futebol representativo dentro da plataforma Nintendo. Graficamente o game não é o mais avançado, mas cumpre o seu objetivo principal: associar boa jogabilidade, gráfico e performance dentro das limitações de hardware do Switch, já em sua primeira versão. Porém é muito válido destacar que esperamos que tenhamos mais novidades, pois ainda há muito para melhorar para plataforma Switch.

82%
Muito bom

Apesar da ausência de certos modos de jogo e um sistema online que precisa de atualização, Fifa 18 consegue atender a expectativa e grande desejo dos jogadores por um jogo de futebol representativo dentro da plataforma Nintendo. Graficamente o game não é o mais avançado, mas cumpre o seu objetivo principal: associar boa jogabilidade, gráfico e performance dentro das limitações de hardware do Switch, já em sua primeira versão.

  • Nota
você pode gostar também
10 Comentários
  1. Jônatas Luiz de Oliveira Diz

    Finalmente uma análise honesta 😀

  2. Junior Diz

    Cara, estou com conta na e-shop americana, porém lá no jogo, nas listagem de idiomas, não aparece português. Realmente tá disponível se eu comprar lá?

    1. Vinicius Vidor Diz

      Oi Junior! Sim, pode confiar. Também estranhamos isso, mas como o suporte Brasil não existe na eShop eles desconsideraram na lista. Pode ir sem medo. Depois nos diga aqui. Abraço!

      1. Junior Diz

        Opa valeu. Vou comprar assim que meu cartão SD chegar e aviso qualquer coisa.

        Valeu

  3. Hater_chora Diz

    Ainda na espera de uma resposta por parte da EA, sobre partidas onlines com amigos. Ou ele jogam a culpa de vez na Nintendo, ou assume o B.O e arruma isso. Triste viu.
    Excelente analise.

  4. Felipe Rodrigues Diz

    Para partidas casuais, acho bem legal essa idéia de ter o Fifa para Switch. Jogar um mode carreira deve ser bem legal no Portátil.

  5. Rafael Diz

    Muito boa análise. Existe planos da EA para lançar o 19 para switch?

    1. Vinicius Vidor Diz

      Obrigado Rafael! Não recebemos essa informação, mas existem sim uma possibilidade grande que isso aconteça!

  6. Paulo Maia Cortellazzi Diz

    Numa viagem para o Canadá, comprei o jogo e trouxe para o Brasil. Cheguei aqui e inseri o cartucho, baixei a atualização e tudo mais, mas o jogo não sai da tela de carregamento. Já tentei deletar e reinstalar o jogo, mas nada funciona. O que eu faço?

    1. Vinicius Vidor Diz

      Paulo, isso acontece somente com o Fifa? É um comportamento estranho e parece não ter relação com o game. Experiente jogar SEM a atualização. Vamos nos falando.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.