Desenvolvedor cita que portabilidade de Outlast foi feita em algumas semanas

1

O popular jogo psicológico de sobrevivência Outlast recentemente chegou no Switch e sua sequência, Outlast 2, também chega no final deste mês.

Com os dois títulos chegando ao Switch e sua receptividade sendo incrível, a desenvolvedora Red Barrels compartilhou algumas coisas interessantes. Em seu perfil do LinkedIn, o programador Mathieu Gauthier indica que Outlast 1 e 2 foram portados “do zero” em questão de apenas algumas semanas.

Abaixo, foi extraído do Linkedin de Gauthier os pontos que comprovam isso:

• Carregou os 2 jogos do zero para o Nintendo Switch em questão de semanas e entregou uma experiência muito comparável aos consoles mais potentes, mas executando em 720p / 30Hz no modo portátil.
• Tomou cuidado com todo o aspecto técnico (portando o código para cada sistema, lendo restrições de memória / desempenho) e otimizações de conteúdo, tanto de áudio quanto de visual (a maioria é automaticamente, algumas delas manualmente).
• Supervisão de todo o processo de feedback com uma empresa externa e cuidou de grandes partes processo de atualização.

Sendo assim é incrível que contendo bons profissionais dentro dos desenvolvedoras é possivel realizar um processo incrível de port. A grande questão sempre é, o quanto as desenvolvedoras e estúdios estão dispostos a isso. O Switch tem potencial, basta realmente querer aproveita-lo.

você pode gostar também