MundoNintendo será patrocinador oficial do estudo brasileiro “A física do jogo Super Mario World”

O projeto será apresentado no 12º Encontro de Física do ITA nos dias 2 e 6 de julho

3

Não é todo dia que conseguimos associar os videogames aos estudos, não é mesmo? Mas graças a parceria de um aluno e professor, a paixão por games e física podem render belos resultados, nascendo até mesmo um incrível projeto de estudo universitário.

O nome do trabalho se chama “A física do jogo Super Mario World” e tem como objetivo estudar a corrida e os saltos verticais de Mario por meio das leis básicas da cinemática e a conservação de energia.

O grande estudo foi desenvolvido por Pedro Henrique Evers de apenas 19 anos, graduando em Engenharia de Transportes e Logística, junto do seu orientador Diego Duarte com doutorado em física pelo ITA e professor de física da Universidade Federal de Santa Catarina em Joinville, e será apresentado no XII Encontro de Física do ITA entre os dias 02 e 06 de julho. O evento tem como objetivo congregar estudantes em final de graduação nas áreas de Física e Engenharia.

Para quem não conhece, o ITA é o Instituto Tecnológico de Aeronáutica, instituição de ensino superior pública da Força Aérea Brasileira, vinculada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), localizado na cidade de São José dos Campos, São Paulo e sendo considerado uma das melhores instituições de ensino superior do Brasil.

Estudo sobre Mario e seu Mundo

Segundo o professor Diego, todo o projeto teve início nas análises de alguns vídeos do famoso Super Mário World utilizando um programa chamado Tracker. Este programa foi produzido com o objetivo de estudar física por meio da análise de vídeos. Junto do seu aluno, estudando os princípios fundamentais da mecânica, eles propuseram a aplicação do programa para investigar a física do jogo e validar se a game considera, de fato, as leis naturais da física.

Análise de um salto duplo no programa Tracker

Conclusões fantásticas

Com a aplicação do estudo na ferramenta foi descoberto que Mario, por exemplo, pode atingir uma velocidade de 52 km/h na corrida, maior que o valor obtido pelo Usain Bolt na quebra do recorde mundial dos 100m rasos, onde obteve 44 km/h.

Comparação da velocidade máxima horizontal do Mario

Já no movimento vertical, ele pode saltar em torno de 6m de altura, sendo que o recorde mundial é 2,45 m. Além disso, foi identificado que Mario poderia estar na verdade em um planeta desconhecido, já que sua aceleração gravitacional local é aproximadamente 5,5 vezes maior que da Terra e 2 vezes maior que a de Júpiter (maior planeta do sistema solar). Se o Mario estivesse em nosso planeta, saltaria algo em torno de 28 m de altura.

Altura do salto do Mario na Terra

Você poderá conferir o estudo detalhado aqui no site.

Patrocinador oficial

Mas para essa participação e apresentação pudesse ser realizada, a MundoNintendo estará patrocinando e auxiliando a dupla com todas as despesas pagas, para que os mesmos possam se deslocar até a cidade de São José dos Campos e apresentação seja concretizada.

Nós da equipe ficamos muito felizes em poder apoiar a divulgação do projeto, visto que a oportunidade de associar grandes estudos com jogos é algo incrível e muito significativo, nos fazendo acreditar (ainda mais) que jogos sempre terão algo para nos ensinar. Desejamos muito sucesso na apresentação e estaremos todos na torcida!

você pode gostar também